TX EduXpert - шаблон joomla Новости
Terça, Junho 18, 2019

11/08 - Trilíngue toma medidas de segurança contra a Influenza A (H1N1)

Preocupados com a pandemia que vem se alastrando pelo mundo, inclusive no sul brasileiro, o Colégio Trilíngue Inovação toma medidas de segurança para evitar a contaminação da nova gripe, Influenza A (H1N1). Assim acredita-se que será uma colaboração para a diminuição do contágio.

Como primeira precaução, alunos, professores e funcionários que estiverem com doença febril aguda, deverão se afastar da instituição para que não haja contaminação, até esclarecimento do quadro clínico. Para tal, a recomendação é procurar auxílio médico sempre.

Além dessa medida, os professores do Colégio receberam palestra com profissionais da secretaria da saúde de Chapecó e Dra. Leda Sandrin, onde falaram sobre as formas de contágio, como prevenir e a higienização, que por sua vez também estão sendo repassados aos pais e alunos. A Influenza A se transmite através da tosse ou espirro principalmente. Também através de contato com objetos infectados, onde um portador do vírus pode ter espirrado ou tocado com as mãos infectadas, incluindo aperto de mão.

Para evitar a contaminação, a orientação é de manter os ambientes ventilados, higienização das mãos, pois muitos são os contatos do dia-a-dia, e isso pode ocasionar um contágio. Ao lavar as mãos, deve-se proceder a limpeza bem detalhada com sabão ou álcool em gel, em todos os cantos das mãos. Também, em caso de gripe ou coriza, usar lenços descartáveis é uma ótima prevenção da transmissão do vírus para proteção durante ato de espirro ou tosse. Para mais informações, assista aos vídeos explicativos no site www.anvisa.gov.br.

Santa Catarina ainda tem o menor diagnóstico da Região Sul, pois ainda não foi confirmada nenhuma morte pela gripe (inclusive em Chapecó, os dados da vigilância epidemiológica descartaram, até o momento, confirmação de caso de gripe A H1N1). Vale lembrar também que devemos ficar atentos aos sintomas do vírus, que são: febre com 38 graus ou mais, tosse seca, dor de garganta e dores musculares, hiperemia conjuntival. Ao perceber isso, devemos procurar imediatamente um médico e seguir as suas recomendações. Segundo a Gestora Ms. Gislaine Moreira Nunes Baez, “é importante a instituição preocupar-se com a pandemia, uma vez que o contágio do vírus pode se proliferar com maior facilidade em local com grande fluxo de pessoas. Desta forma, seguindo as orientações da vigilância epidemiológica, as seguintes medidas foram tomadas:

  • Não frequentar a instituição pessoas com doença febril aguda até esclarecimento diagnóstico;
  • Usar álcool gel antes dos lanches (todas as salas de aula tem);
  • Manter as salas abertas e ventiladas, sem o uso de climatizador;
  • Lavar as mãos com frequência;
  • Usar lenços descartáveis para tossir ou espirrar.

Além destas orientações, é importante ressaltar que os alunos e pais do Colégio Trilíngue Inovação podem ficar tranquilos quando a medidas de orientação e prevenção da gripe A (H1N1). Primeiro, por contar com amplas salas de aula com, no máximo 25 alunos por turma. Segundo, por garantir que nenhum docente ou funcionário técnico-administrativo esteja trabalhando, caso apresente qualquer resfriado ou sintomas de gripe qualquer. Terceiro, por solicitar que alunos com quadro gripal fiquem em casa e tenham acompanhamento médico até sumirem os sintomas. Quarto, por não termos casos de Influenza A diagnosticados ou sequer mesmo suspeitos, até o presente momento. Quinto, por certificar-se de que os ambientes estejam sempre bem ventilados. Sexto, por sermos responsáveis de que os alunos sejam bem orientados, lavem corretamente as mãos e passem álcool gel.

Desta forma, não está indicado, até o momento, a suspensão das atividades.