A conceituação de solidariedade depende da visão de mundo de cada um: às vezes, esta ação desencadeia um trabalho em equipe com diferentes formas de sensibilização que envolve a sociedade, outras vezes é entendida apenas como ajuda eventual a alguém que dela necessita. Qualquer que seja o seu propósito, o espírito de solidariedade é sempre bem-vindo e colabora sobremaneira para o desenvolvimento das virtudes.

Ao assumir a missão de desenvolver a cidadania e, acreditando que as virtudes se aperfeiçoam com o hábito, o Colégio Trilíngüe Inovação vem valorizando e incentivando as iniciativas dos alunos na disposição de fazer o bem. Os resultados demonstram uma evolução na intenção dos sujeitos para serem solidários, de vivenciarem experiências significativas de reciprocidade e respeito mútuo, características de um ambiente cooperativo.

A primeira iniciativa partiu dos alunos durante uma aula de ciências com a Professora Silvana, quando ela passava um vídeo sobre nutrição e desnutrição que mostrava, também, as desigualdades sociais. Os alunos sensibilizados se organizaram rapidamente para arrecadar alimentos não perecíveis e, incentivados pela direção da escola, ampliaram a campanha para envolver todo o Colégio, surgindo assim o Projeto Infanto-Juvenil da Solidariedade, que visa ajudar pessoas financeiramente necessitadas. Para isso estão sendo realizadas campanhas, rifas e arrecadação de alimentos, roupas, calçados, brinquedos e materiais escolares que serão distribuídos pelos alunos nas comunidades carentes de Chapecó.

Outra demonstração de solidariedade vem despertando a atenção na escola.Trata-se da atenção e cuidado que a aluna Aimêe Laufer Gonçalves, da 8ª série vem recebendo por parte dos colegas após ter realizado uma cirurgia ortopédica. Com a perna imobilizada ela passou a experimentar limitações de locomoção na escola, tendo em vista a grandiosidade do espaço físico. Em função desta limitação, vem recebendo todo o carinho dos colegas que circulam com ela pelas dependências da escola através do elevador e optaram por permanecer com a colega em sala durante o recreio.

8aserie.jpg